TRHn-Terapia de reposição hormonal natural

Cimicífuga racemosa, uma planta de origem americana, adotada como alternativa à terapia de reposição estrogênica para o alívio dos sintomas da menopausa, principalmente dos fogachos.

O climatério é considerado dentro da evolução biológica feminina, como o período de transição entre o final da vida reprodutiva e o início da senectude, marcado por eventos importantes como a última menstruação e a menopausa.

O decréscimo dos níveis de hormônios sexuais está associado às alterações no metabolismo lipídico e ósseo, além dos sintomas climatéricos desagradáveis, nos quais se destacam as conhecidas ondas de calor, a sudorese (suor) e os calafrios.

Sabe-se que a TRH possui papel significativo no tratamento dos sintomas e dos agravos decorrentes do climatério, induzindo a uma melhora na qualidade de vida da usuária.

Entretanto, a não adesão à TRH é comum e tem ampla variação, limitando os benefícios da terapia.

As principais razões para a não adesão ao tratamento, são os riscos de desenvolver câncer, o retorno das menstruações e o ganho de peso.

Um estudo clínico publicado em 2005 no Jornal Gynecological endocriology, comparou a eficácia da cimicífuga X baixas doses do estradiol transdérmico no alívio dos sintomas climatéricos.

Neste estudo Italiano realizado na Universidade de Pavia, foram avaliadas durante 3 meses as alterações dos sintomas vasomotores e urogenitais, assim como os níveis de ansiedade e depressão em 64 mulheres pós menopausadas.

Após mensuração de níveis séricos, no início e fim do estudo, os resultados foram:

Ambas as terapias foram capazes de reduzir significativamente o número diário dos fogachos, desde o 1º mês de tratamento;

O efeito positivo sobre o número de fogachos foi mantido durante os 3 meses do estudo, sem diferenças significativas entre os grupos tratados.

Os dois grupos apresentaram resultados semelhantes na diminuição dos níveis de ansiedade e depressão;

As alterações no perfil lipídico evidenciaram uma significativa redução do colesterol total somente nas mulheres que receberam estradiol;

Um leve aumento do HDL-C (colesterol bom) plasmático foi observado somente no grupo que recebeu cimicífuga racemosa;

Os triglicérides, a função hepática, o FSH, o LH e o cortisol não foram alterados em nenhum grupo.

Conclusão:

A Cimicífuga racemosa é uma alternativa válida para o tratamento dos sintomas climatéricos em mulheres que não podem ou simplesmente recusam-se a receber a terapia convencional de reposição hormonal.

Extrato seco padronizado é a melhor alternativa por conter fito químicos específicos para o tratamento (triterpenos), biologicamente ativos para essa finalidade.

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: