Inflamação celular subclínica

Os radicais livres e a inflamação formam a dupla destrutiva da nossa saúde em geral.

São, sem dúvida, os agentes centrais do processo de envelhecimento.

Mas existe outro fenômeno natural que afeta o envelhecimento, conhecido como inflamação.

Ao pensar em inflamação, você pode ser levado a imaginar vermelhidão, inchaço e irritação.

O verdadeiro tipo de inflamação responsável por grande parte do envelhecimento chama-se inflamação subclínica. Ela é invisível a olho nu.

A inflamação existe normalmente em todo o corpo, de várias formas e em vários níveis. As inflamações – tanto subclínica como visível – podem ser desencadeadas por uma ampla gama de fatores externos, tais como toxinas, infecções e a radiação ultravioleta.

A relação entre os radicais livres e a inflamação é a seguinte: quando os radicais livres danificam uma célula, eles causam inflamação subclínica.

Quando os radicais livres atacam, dispersam ácido araquidônico – um elemento produzido a partir de uma enzima, causando inflamação. Esta inflamação por sua vez produz mais radicais livres, gerando uma destruição ainda maior da pele e da saúde.

Outra causa da inflamação no nível celular ocorre quando os elementos químicos inflamatórios – tais como o ácido araquidônico e a enzima que o produz – se movem para dentro da célula. Na pele, isso acontece quando ela é traumatizada ou exposta ao sol, a produtos químicos e a certas proteínas. Tal inflamação acelera a destruição da célula.

Os radicais livres podem danificar praticamente qualquer parte de uma célula inclusive o núcleo onde o DNA é produzido. Os cientistas acreditam que os danos causados pelos radicais livres representam uma das principais causas do envelhecimento e das doenças a ele associadas.

Quando os radicais livres atacam o colágeno da nossa pele, o resultado é que esse colágeno se decompõe e fica danificado, formando uma micro cicatriz – ruga. Quando isso acontece, a pele também se torna descolorada, perdendo sua firmeza e elasticidade e sua aparência jovem e radiante.

Além disso, inflamações visíveis e sub- clínicas provocadas por toxinas, infecções ou por uma simples queimadura devido à exposição ao sol, permitem que radicais livres continuem causando danos adicionais.

Estes e outros fatores tornam claras as ligações entre inflamação e envelhecimento.

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: