Naturopatia: Projeto, Processo e Estratégia

Naturopatia: Projeto, Processo e Estratégia

Se você teve uma excelente formação em Naturopatia, a partir desse contexto de qualidade, é hora de trabalhar e gerar ótimos resultados.

Com propósitos estabelecidos, muita atenção à etapa de gestão estratégica.

Estratégia deve ser condizente com o ambiente da empresa, com pontos fortes internos, equilíbrio para lidar com riscos e um projeto.

Você tem um projeto?

“É por meio dos projetos que se alocam recursos ao longo do tempo, compatibilizando-os com o planejamento orçamentário, que é desenvolvido pelo plano quantitativo. Projeto é um trabalho com datas de início e término previamente estabelecidas, coordenador responsável, resultado final predeterminado e no qual são alocados os recursos necessários ao seu desenvolvimento.” (OLIVEIRA, 2015, p. 249).

Com um projeto, você consegue acompanhar o alcance da meta estabelecida e fazer reavaliações contínuas.

Projeto em mente, vamos torná-lo um processo. Para isso deve haver

Baixa incerteza e baixa complexidade.

Frases como: “Ser referência em; ser o melhor em; o novo conceito em; podem levar a uma alta complexidade que seu ambiente interno ou suas competências não comportam ou não têm.

O sucesso será alcançando se tanto a formulação quanto a implementação forem bem realizadas. Uma boa estratégia que tenha sido bem implementada tenderá a apresentar os resultados planejados.

O problema:

O problema é o resultado de uma boa estratégia mal implementada. Normalmente decorre da exagerada importância à formulação da estratégia e da menor importância atribuída à implementação.

Muita fala e pouca ação que a valide. Essa abordagem desequilibrada gera descrédito. E o mercado está cheio de exemplos.

O fracasso:

É a soma da estratégia ruim à implementação também ruim. Planejar é tão importante quanto fazer.

Análise de necessidades e mudanças:

NíveisSetorOrganizaçãoProdutosApelo de mercado
Estratégia de continuaçãomesmo mesmo mesmomesmo
Estratégia de mudança de rotinamesmomesmomesmoNovo
Estratégia de mudança limitadamesmomesmoNovoNovo
Estratégia de mudança radicalmesmoNovoNovoNovo
Redirecionamento organizacionalNovoNovoNovoNovo
Fonte: Certo e Peter (2005, p. 103)

Se a estratégia está classificada como uma estratégia de continuação, não será necessária nenhuma alteração.

Se a estratégia se classifica como de mudança de rotina, ela irá provocar mudanças na comunicação com os consumidores e envolverá, principalmente, a área mercadológica. Embora possa também influir nas atividades de outras áreas, dependendo do tipo de mudança de apelo que deverá ser implementada, por exemplo a mudança de uma embalagem, que irá envolver outras áreas da empresa.

A estratégia de mudança limitada envolve tanto alteração na oferta de produtos, como no apelo ao mercado.

O nível da estratégia de mudança radical irá atingir não só o apelo ao mercado e ao produto, como também a você e toda a empresa, seja na estruturação ou cultura.

Finalmente, o nível de redirecionamento organizacional, uma vez que envolve a mudança de setor de atuação da empresa.

Essa é uma análise que diz respeito tanto a micro, pequenas, médias e grandes empresas, como ao profissional autônomo.

Veja em que nível, você está.

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: