A Naturopatia na promoção da saúde

Sabemos que a limitação de uma função pode comprometer a autorrealização.

Uma pessoa que tem um sintoma emocional, como um pavor, uma fobia, restringe sua atuação na vida. Deixa de atuar, de se relacionar. Perde a afeição pela vida.

As terapias integrativas complementares que compõe as bases da Naturopatia, chamam cada vez mais a atenção de um maior número de pessoas em todo o mundo, por proporcionar uma forma gentil de tratamento e de uma melhor atuação na vida, considerando a unicidade de cada ser.

Mesmo neste panorama humanista de saúde, o profissional Naturopata deve evitar o reducionismo.

Peca por excesso aquele que acredita que toda dor de cabeça deva ser tratada com ácido acetilsalicílico e pode pecar por faltas aquele que acredita que toda enxaqueca pulsante terá um fim com chá de camomila.

Mesmo nas terapias naturais o reducionismo deve ser revisto.

Sempre que você restringe suas possibilidades de melhora, pode haver sofrimento.

A Naturopatia unida aos tratamentos convencionais da medicina moderna geram resultados surpreendentes à qualidade de vida de um paciente:

Redução do tempo de doença.

Redução de efeitos colaterais, inclusive comportamentais.

Booster na energia do paciente, gerando melhores condições de resposta ao organismo.

Quando o ânimo melhora, a fé na recuperação aumenta e a receptividade do organismo acompanha.

Os profissionais da terapias holísticas desenvolvem uma capacidade de  leitura minuciosa. Enxergamos coisas que podem passar desapercebidas a outros profissionais da saúde.

Estar saudável mental e espiritualmente é tão importante quanto estar saudável fisicamente.

Se você acredita em Aromaterapia, terapia floral, acupuntura, medicina quântica, funciona. E se você não acredita, também funciona.

Todas essas técnicas visam resgatar a pessoa na sua dor. E a dedicação em tratar o outro, vê-lo bem, torna-se parte fundamental na prática integrativa.

Evite:

Profissionais da saúde integrativa que divulguem “a cura de doenças”.

Procure referências.

Não escolha tratar de sua saúde tendo como parâmetro de escolha, o preço.

Evite os profissionais que desestimulem a realização de exames e acompanhamento médico.

Evite os profissionais que desencorajam ao uso de medicações prescritas de uso contínuo.

Importante:

Os profissionais da Naturopatia são agentes de saúde. Quaisquer estereótipos  são desencorajados pela Comunidade Brasileira de Naturopatia e Instituições comprometidas com seriedade com o progresso e respeito à profissão.

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: