O fracasso como moeda para o sucesso

É preciso compreender e aproveitar o fracasso. Todo mundo está interessado no sucesso. Mas o sucesso é subproduto do fracasso. Assim, o fracasso precisa ser analisado e observado.

Se pensarmos num tema atual, a vacina, há inúmeras horas de fracasso sendo detalhadamente avaliadas. As vezes dias, meses de tentativas que não deram certo. Somos orientados para resultados. Mas fracassar é como uma taxa, um pedágio no caminho.

Quando você se torna um expert em fracassar na montagem de uma mesa e resolve analisar esse processo de tentativas, vê que aprendeu muito e agora pode montar a mesa de forma perfeita. Na escola, cobrimos os pontilhados das letras inúmeras vezes, e não há problema. Num momento acertamos. Fracassar pode estar relacionado à falta de preparação. Tentar novamente pode ir lapidando você. E dificilmente vai cair no mesmo buraco, quando já conhece os buracos da rua. Não se preocupe em errar. Preocupe-se em ao errar, aprender. Que cada fracasso seja diferente. Será preocupante se for o mesmo fracasso.

Precisamos entender a diferença entre processo e fracasso.

Uma inteligência flexível se interessa pelo processo em si, pelos desafios. Esse grupo almeja a evolução. Na inteligência flexível interessa muito despertar o poder criativo.

Uma inteligência acomodada, fixa, só se interessa pelo êxito. São pessoas que buscam realizar tarefas que já sabem que darão certo. Temem desafios. Esse grupo almeja a repetição.

Analisar o fracasso implica em perguntar quais as causas que me levaram a fracassar. A falta de preparação pode ser uma delas, ou um ambiente favorável para o seu desenvolvimento. A aprendizagem deve ser elogiada, ainda que você não tenha tirado nota 10 na prova. Vemos isso em corridas de rua, onde mesmo que você não seja o primeiro colocado, você é reconhecido por ter concluído a prova.

O que significa o êxito e o fracasso?

Primeiro precisamos saber qual o seu propósito. E muitas vezes você não sabe. Não saímos da cama desejando fracassar. Mas devemos sair da cama desejando saber levantar após qualquer queda. E sempre melhores. A confiança que temos em nós mesmos precisa ter sempre mais poder do que a opinião que os outros têm sobre nossos potenciais.

Você pode ter uma mente com característica de crescimento. Então você está sempre se desenvolvendo e o esforço em si, torna você talentoso. Nesse caso, vir a ser é melhor que ser, porque só um dois permite melhora constante. Tudo é visto como ferramenta de melhora.

A opinião que você adota a respeito de si mesmo afeta profundamente a maneira pela qual você leva a sua vida. Em linhas gerais, pessoas com mindset fixo, não acreditam no esforço. Se você se esforça muito, trabalha demais, se empenha, pode ser entendido como você não “deu certo”. Fracassou. Algo como “se fosse talentoso”, não precisaria fazer tanto esforço. No mindset de crescimento, o esforço é que torna você inteligente e talentoso.

Hoje a inteligência já é estudada como algo que requer empenho para ser alcançada. O mindset de crescimento permite que as pessoas gostem do que fazem e continuem a gostar mesmo diante das dificuldades.

O topo é o lugar onde pessoas de mindset fixo anseiam estar. As de mindset de crescimento de repente se viram lá, por gostarem muito do que faziam. No mindset fixo tudo gira em torno do resultado. No mindset de crescimento, o processo é valorizado.

E você, já teve fracasso? Como enfrentou tudo isso? Já foi desvalorizado por alguém?

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: