Terapia floral – pequeno glossário

Pesquisa: Daniele Habib.  Revisão técnica: Chris Buarque.  Revisão geral: Cláudia Lopes
  • Alma: princípio espiritual do homem localizada na região onde se encontra o coração. Composição imaterial de uma pessoa que perdura após sua morte; espírito, consciência. Porção transcendental.
  • Anamnese: entrevista/conversa realizada pelo terapeuta/naturopata com o seu paciente/cliente/interagente durante a consulta, em que são feitas perguntas específicas para entender a queixa e aplicar uma técnica terapêutica.
  • Autoconhecimento: conhecer a si mesmo por meio da escuta interior, da auto-observação. Reconhecer qualidades, limitações, pensamentos, emoções.
  • Autopercepção – perceber a si mesmo, olhar para dentro de si. Observar-se.
  • Brandy (em inglês): significa conhaque, bebida alcoólica obtida pela destilação de vinhos brancos da região de Cognac, na França. Muito utilizado como conservante dos florais.
  • Buquê: conjunto de essências florais selecionadas para a terapêutica do cliente, inseridas num mesmo frasco/vidro.
  • Catarse: libertação, expulsão ou purgação do que é estranho à essência ou à natureza de um ser. O tratamento por meio da terapia floral pode causar o efeito de catarse no interagente.
  • Conservante: componente utilizado para conservação do floral, com a finalidade de proteção contra fungos, bactérias e alterações. Pode ser conhaque/ Brandy, glicerina ou vinagre de maçã.
  • Corpo emocional: instância emocional do ser humano, por meio da qual são sentidos os efeitos da alegria, tristeza, medo.
  • Corpo espiritual: instância imaterial do ser que transcende. Pode ser chamado de alma.
  • Corpo físico: corpo material, físico-químico que contém o corpo espiritual.
  • Corpo mental: corpo imaterial que é responsável pelos pensamentos, cognição, controle neurológico.
  • Creme: veículo cremoso. Uma das possíveis bases para mistura de florais indicada para aplicação tópica.
  • Cura: reestabelecimento da homeostasia, da saúde.
  • Desvio da sua missão: de acordo com Dr. Bach quando uma pessoa se desvia da sua missão pode iniciar um processo de desequilíbrio, tendo como resultado uma patologia/doença.
  • Difusor: equipamento ultrassônico usado com água para dispersar o floral no ambiente.
  • Diluição: ação ou efeito de diluir um líquido concentrado ou uma substância; estado do que está diluído; diluimento.
  • Dose: quantidade determinada de uma substância, no caso o floral que o interagente deve tomar em cada vez. Comumente indica-se a dose em quantidade de gotas.
  • Dr. Edward Bach (1886-1936): Médico nascido em Moseley, nos arredores de Birmingham, era de origem galesa. Dr. Bach foi um médico revolucionário para a sua época sendo o criador do sistema de terapia floral.
  • Emoção: sensação física e/ou uma reação provocada por algum estímulo que pode ser um sentimento ou um acontecimento.
  • Energia: manifesta-se de diferentes formas e está relacionada com a capacidade de produção, de ação e movimento em um corpo.
  • Essência floral: existem vários sistemas de tratamento com florais. São 38 essências que compõe o sistema floral do Dr. Bach.
  • Flor: estrutura reprodutiva das angiospermas que, quando completa, é constituída por cálice, corola, androceu (estames) e gineceu (pistilos) e, quando incompleta, deve apresentar, no mínimo, um estame ou um pistilo.
  • Floral: Composto que contém a energia/vibração de uma flor.
  • Frasco de vidro âmbar: frasco em vidro escuro utilizado para armazenar os florais em meio líquido, protegendo-o da incidência da luz.
  • Frequência: número de oscilações de onda, por um certo período de tempo. A unidade de frequência do Sistema Internacional (SI), é o Hertz (Hz), que equivale a 1 segundo, e é representada pela letra f.
  • Glicerina vegetal: também conhecida como glicerol vegetal, é um produto de carboidrato derivado de óleos vegetais, como coco ou palmeira. Pode ser utilizada como conservante no lugar do conhaque.
  • Gotas: quantidade muito pequena de um líquido que se destaca sob a forma de um glóbulo; pingo. Indicação para dose de floral: número de gotas.
  • Gotejador: cânula de vidro por onde saem as gotas do floral.
  • Missão: propósito que a pessoa tem na vida. Dr. Bach fala sobre a missão da alma. Cada pessoa vem com um propósito e o desvio leva à doença.
  • Modo de uso: a forma correta de uso do floral pelo interagente. Uso interno (oral), uso tópico (na pele), no ambiente (spray ou vaporizador).
  • Patologias: qualquer desvio anatômico e/ou fisiológico, em relação à normalidade, que constitua uma doença. O enfraquecimento da homeostasia.
  • Pensamentos: ato ou efeito de pensar, aquilo que se passa na mente das pessoas. Interferem em nossas emoções e sentimentos.
  • Pomada: veículo espesso que pode ser usado para aplicação dos florais na pele.
  • Posologia: instrução referente à quantidade de gotas e número de vezes que o interagente deve tomar o floral durante o período de tratamento.
  • Psicoterapia: consiste em um conjunto de práticas terapêuticas entre um interagente e o terapeuta floral com a intenção de diminuir sofrimentos, interpretar os eventos e acontecimentos da vida de uma pessoa.
  • Sentimentos: estados e as reações que o corpo humano é capaz de expressar diante dos acontecimentos vivenciados.
  • Spray: jato de líquido em gotículas minúsculas. Uma forma de uso do floral para dispersão no ambiente e roupas.
  • Stock: em inglês, significa um floral concentrado, produzido no local onde se encontram as flores. Versão mais concentrada.
  • Terapêutico: algo que possui propriedades de restabelecimento da homeostasia, saúde ou autocura.
  • Tratamento: ato ou efeito de cuidar, tratar com o objetivo de promover autocura, homeostasia.
  • Validade: tempo de vida útil do floral. Após o vencimento o floral deve ser descartado.
  • Vibração/Vibracional : estado ou efeito de vibrar, de estremecer, de alterar o equilíbrio de algo. O floral contém o padrão vibracional da flor em questão. A terapia floral é considerada vibracional/frequencial.

Fontes de referências:

http://www.bachcentre.com

http://www.dictionary.cambridge.org/pt/dicionario/ingles/oxford

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: