Menopausa. Você pode viver bem.

Colab: Fernanda Ornelas.  Revisão técnica: Chris Buarque.  Revisão geral: Claudia Lopes

É possível ter qualidade de vida também nesta fase de vida da mulher.

Menopausa é o declínio natural na produção dos hormônios reprodutivos que ocorre com a mulher, entre 40 a 55 anos. É o período de 12 meses após a última menstruação. Uma mulher mais jovem, antes de quarenta anos, pode apresentar os primeiros sintomas da menopausa, mas não é comum. Em termos práticos, é o final da fase reprodutiva na vida da mulher, concluindo o “estoque” de óvulos, liberados mensalmente desde a puberdade (por volta dos 11- 12 anos quando em média acontece a menarca (primeira menstruação). Após esta fase, ocorre então o climatério com duração de 15 ou até 20 anos, e que pode ser um ciclo de vida desafiador sob vários aspectos. Não somente quanto à saúde física, mas emocional, relacionamentos pessoais e sociais, vida profissional, e outros. Se bem compreendida pela mulher e pela sociedade, o climatério poderá ser um período fértil, de “empoderamento” com transformações positivas e significativas.

Alguns sintomas da Menopausa

Dores de cabeça frequentes
Crescimento de pelos
Dor para urinar
Dores musculares
Alteração na libido
Dores nas relações sexuais/secura vaginal
Tonturas e palpitações
Os sintomas podem variar de mulher para mulher por isso, deve-se consultar profissional médico para avaliação.

Buscando a Naturopatia na menopausa

Impossível tratar o ser humano somente sob o aspecto físico. Somos corpo, mente, alma e possuímos energia vital, que nos mantém vivos. O equilíbrio deste “triângulo” é fundamental para a saúde integral. A Menopausa não deveria ser vista como algo cruel à mulher e sim como oportunidade de enorme amadurecimento e crescimento pessoal. Como transformar experiências em Sabedoria? É um dos desafios da mulher, nesta fase iluminada da vida, onde ela deixa de dar a vida ao outro, mas passa a dar a vida à si mesma. (Cathy Skipper, Aromaterapeuta, Botânica)

A Naturopatia é a medicina natural através de práticas, técnicas e conhecimentos também científicos, cujo objetivo é restabelecer e manter o estado de saúde e bem-estar do ser humano. Numa visão integrativa, é possível compreender processos fisiológicos de cada ser humano, de forma única. Muitas práticas e técnicas usadas pela Naturopatia são ancestrais e originárias da Medicina Tradicional Chinesa e Indiana (Ayurveda). Apoia e estimula a capacidade intrínseca do corpo para curar-se pelos autocuidados. O Naturopatia respeita a ciência moderna e utiliza a sabedoria da natureza e o conhecimento secular de métodos, princípios e técnicas terapêuticas.  Assim, a Naturopatia cuida do doente e não das doenças, diretamente. Há duas áreas de foco: uma é apoiar as habilidades de cura do próprio corpo, e a outra é capacitar as pessoas a fazerem mudanças de estilo de vida necessárias para a melhor saúde possível e, consequentemente, encontrar a cura ou melhor qualidade de vida. Também, enfatiza a prevenção de doenças pela educação das pessoas, no autocuidado e autoconhecimento. O equilíbrio integral mantém a imunidade do corpo físico e aumenta a defesa da pessoa contra doenças em geral.

Pelas Práticas Integrativas Complementares como florais, fitoterapia, aromaterapia, reiki (imposição de mãos), meditação, técnicas da medicina tradicional chinesa como a auriculoterapia e muitas outras, é possível tratar não apenas os sintomas, mas as causas dos desconfortos.

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: