Ômicron: O mesmo homem não atravessa o mesmo rio duas vezes.

Doenças como a Covid-19 envolvem, já sabemos, comportamento e colaboração. Ainda que o “homem que atravessa o rio” esteja vacinado, o que vemos é que o rio não é o mesmo, com todas as variantes que ainda surgem, e o homem tampouco.

França tem novos recordes, Inglaterra também, e em muitos outros países acontece o mesmo. Não sabemos sobre o fim da pandemia. Sabemos do início dela, das mortes e do número de pessoas infectadas atualmente pelas novas variantes. Enquanto os discursos seguem sobre “negacionismo”, politização das vacinas, origem interplanetária do vírus, guerra química, etc. algumas pessoas se esgotam e continuam sendo internadas ou morrem, e outras, fortalecidas, abandonam equivocadamente os cuidados preventivos como máscaras e higiene.

A transmissibilidade cresceu vertiginosamente com a variante ômicron, numa velocidade ainda não vista nas variantes anteriores. Especialistas mostram dados que a ômicron transmite tal qual a velocidade de transmissão que tem uma doença como sarampo, por exemplo.

Aos profissionais da saúde integrativa complementar, cabe não só a orientação sobre alimentos que fortalecem o sistema imunológico, remédios naturais coadjuvantes no combate às infecções, paramentação completa no atendimento, bem como servir como modelo a ser seguido em todas as possibilidades de combate e controle para que cheguemos ao objetivo comum a toda população mundial: o fim da pandemia e o retorno de uma vida mais produtiva em todas as suas possibilidades de atuação e realização.

Um passo a frente , 10 para trás: Enquanto houver casos no mundo, ainda que seja longe de seu país, você está em risco. Não é hora para viagens em cruzeiros marítimos ou viagens turísticas que envolvam circulação entre países. Nunca foi um momento mundial tão importante para soma de esforços colaborativos.

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: