Por que eu como tanto doce?

De repente você começa a ter compulsão por doces e pães e não é momentânea. Deficiências nutricionais de Magnésio, Zinco, Cromo, Aminoácidos (Triptofano) ou vitaminas (especialmente vitamina D) podem ser as culpadas. Quando você é deficiente nesses nutrientes, seu corpo não pode usar carboidratos de forma eficaz como fonte de energia. Por isso, vai procurar mais desses alimentos. E você ainda assim, não terá como utilizá-los adequadamente. E vai procurar novamente, tornando-se provavelmente uma pessoa com risco de diabetes.

Desejos repentinos podem traduzir deficiências nutricionais.

Os cientistas também sugerem que os desejos por carboidratos ocorrem por causa do efeito que estes (especialmente os açúcares), têm no cérebro. Consumir alimentos açucarados aumenta os níveis do hormônio do “sentir-se bem” (serotonina). Aí você faz a associação entre sentir-se bem com ter carboidratos. Portanto, comer carboidratos pode realmente fazer você querer mais. Isso é também é apoiado pelo fato de que as pessoas tendem a consumir mais carboidratos quando estão estressadas, ansiosas ou deprimidas.

Qual deve ser sua ingestão diária de carboidratos?

Os carboidratos são um dos três macronutrientes (os outros dois são proteínas e gorduras) que são uma parte crucial de uma dieta saudável. Fornecem combustível glicose ao organismo. E a gente precisa dela para liberar energia. Para você ter uma noção,1 grama de carboidrato libera quatro quilocalorias de energia. A quantidade a ser consumida depende da idade, do quanto você gasta, da saúde geral e outros fatores. Mas a quantidade não é o mais importante. Como sempre, é a qualidade do que você consome.

Você deveria fazer:

¼ do seu prato com grãos integrais e ¼ do seu prato com proteína (feijão, laticínios, peixe, carne ou aves).

E como fazer para controlar os desejos pelos carboidratos?

Adicionar proteínas e fibras suficientes à sua dieta, pois mantém você se sentindo satisfeito por mais tempo. Incluir quantidades moderadas de gorduras saudáveis, como nozes e laticínios em sua dieta. Escolher fontes complexas de carboidratos, como vegetais, frutas e grãos integrais, em vez de carboidratos processados, como batatas fritas e doces. Manter-se hidratado com água e bebidas não açucaradas. Ingerir pouca água pode deixar você com mais fome e querer mais comida, incluindo carboidratos. Gerenciar o estresse por meio de atividades como meditação, música, Yoga ou outros hobbies saudáveis. Manter-se ativo. O exercício também ajuda a liberar serotonina em seu corpo e ajuda em um equilíbrio saudável dos hormônios que promovem a saciedade.

Aqui, uma dica muito valiosa:

Cortar completamente os carboidratos de sua dieta pode criar um desejo rebote por mais carboidratos. Portanto, cuidado com “os milagres”.

Durma bem! Se não consegue, procure ajuda. A falta de descanso pode piorar os desejos de carboidratos.

Lembre-se: As orientações e tratamentos da Naturopatia ajudam na gestão da saúde. Não substituem a necessidade de exames regulares.

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: