“Varíola dos macacos”: prevenção

Foto:
NHS England High Consequence infections Diseases Network

“Varíola dos macacos” é uma doença viral, da mesma família do vírus da varíola. O vírus foi descoberto em 1958 quando em uma colônia de macacos mantida para pesquisa, foram relatados 2 surtos. A origem permanece desconhecida. Se sabe, no entanto, que roedores e macacos podem transmitir e infectar seres humanos. Em 1970 foi registrado o primeiro caso em humanos e o surto mais recente é deste ano: 2022.

As erupções na pele são semelhantes a vesículas, que podem surgir nos genitais, lábios e ânus, além do peito, pés, mãos e rosto. As lesões causam dor e coceira e acompanhadas de febre, calafrios, inchaço de gânglios, cansaço, dores nas costas, dor de cabeça, dor de garganta, congestão nasal e tosse. Muitas vezes pode iniciar como uma aparente gripe e somente depois surgem as erupções na pele, cerca de 4 dias depois.

Período de incubação do vírus: 3 semanas

Duração após a erupção: até 4 semanas

Prevenção: uso de máscara de proteção facial e evitar contatos íntimos.

Evite: contato direto com as erupções cutâneas de outra pessoa; tocar em objetos, roupas de cama, toalhas e superfícies que foram tocadas por alguém com a doença; contato com secreções respiratórias; uso de brinquedos sexuais que não foram desinfetados.

Período de transmissão: Uma pessoa infectada pode espalhar para outras, desde o momento dos primeiros sintomas, até a completa cicatrização da pele, com a formação de uma nova camada de tecido cutâneo. Esse processo dura cerca de 1 mês.

Estamos num momento mundial de necessidade de máxima higiene. Qualquer pessoa pode ser infectada, independentemente de sua orientação sexual. Você sempre pode ajudar. A informação leva aos cuidados. A sua participação na prevenção ajuda a todos, inclusive a você.

Nota: Pesquisas sobre transmissão através de secreções respiratórias, urina, sêmen e fezes, estão em andamento.

Os Naturopatas do Brasil, que fazem parte da Comunidade Brasileira de Naturopatia, reforçam a importância do acompanhamento médico, realização de exames clínicos (físicos, séricos e de imagem) tanto como checkup, como para monitoramento de doenças. Para você saber o que esperar de uma consulta bem conduzida na Naturopatia, envie suas dúvidas para: naturopatasdobrasil@gmail.com.

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

2 comentários em ““Varíola dos macacos”: prevenção

  1. Conforme publicação do site da Prefeitura do Município de SP, em seu manual de medidas sanitárias para estabelecimentos de prestação de serviços, “””É a doença causada pelo vírus monkeypox (MPXV), também conhecida como varíola do macaco. Apesar deste nome o atual surto não tem a participação de macacos na transmissão para seres humanos”””. A transmissão ocorre “””Por meio do contato próximo/íntimo com uma pessoa infectada e com lesões de pele.”” e pode ser através do beijo, abraço, relação sexual, massagem, roupas, toalhas e lençóis usados por pessoas doentes ou por gotículas respiratórias em contato próximo e prolongado. Muita atenção! Cuidado para não descriminar os outros! Cuidado para agredir a fauna!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: