Varizes: tratamento com polifenóis de semente da uva

Um fruto em que tudo se aproveita. Essa é a história da uva, sem dúvida.

Nossa ingestão diária de uva não é suficiente para termos a atividade funcional que o fruto oferece. Tão pouco um consumo de semente, onde estão inúmeras propriedades antioxidantes. Uma delas, é sua efetividade no tratamento de desordens circulatórias.

Quando falamos em extratos padronizados, nos referimos às altas concentrações de compostos isolados. Os taninos são os componentes eficazes no tratamento de varizes. Nos importantes grupos de fitoquímicos presentes nas uvas (flavonóides e ácidos fenólicos), estão os taninos, antocianinas (pigmentos azuis) e grande quantidade de flavonóides (proteção contra oxidação). Na literatura, encontramos a importante relação dos polifenóis como aliados em doenças como o cancro, a doença de Alzheimer e patologias cardiovasculares causadas pela oxidação das células (isquemia, aterosclerose, etc.). As propriedades das uvas também trazem benefícios ao sistema circulatório. Esses benefícios devem-se ao fato de os taninos bloquearem a formação da endotelina-1, um potente vasoconstritor que favorece o estreitamento dos vasos sanguíneos, diminuindo seu diâmetro e aumentando a resistência à passagem do sangue. Com esse bloqueio há uma melhora ao trânsito circulatório e do retorno venoso.

As varizes

As veias, responsáveis ​​por transportar o sangue através do organismo, contém válvulas que regulam a pressão e o fluxo sanguíneo. Quando perdem a elasticidade de suas paredes em determinado ponto do corpo, elas se dilatam e causam falhas no funcionamento das válvulas. Essas falhas paralisam a circulação do sangue naquele ponto, provocando uma concentração residual e inchaços venosos. Neste acúmulo, há a perda de oxigênio no sangue. Assim as varizes ficam avermelhadas no início e depois ficam azuis, pela parada de circulação do oxigênio. Esse quadro aparece com frequência nos membros inferiores, devido às características das veias e das válvulas das pernas. Idade, excesso de peso, passar muito tempo em pé ou sentado são algumas das causas.

Os taninos

Além da capacidade de bloquear a endotelina-1, os taninos também melhoram a flexibilidade e a integridade das paredes venosas. Isso contribui para evitar problemas de dilatação e, portanto, melhorar a circulação sanguínea. As antocianidinas reduzem os pró-inflamatórios estabilizando então o colágeno nas membranas dos vasos.

 

“Os extratos permitem isolar componentes específicos de uma planta e obter altas concentrações; até milhares de vezes maior do que o originalmente encontrado na planta. Nesse caso, os extratos de uva têm mais componentes bioativos que os próprios grãos e sua funcionalidade é maior. Nesse sentido, os extratos de uva apresentam grande potencial para a indústria nutracêutica, pelos múltiplos benefícios à saúde”. (Gonzalo Bas, diretor e chefe químico da Nutexa Ingredientes)

www.lojastiper.com.br

Existem mais de 4.000 polifenóis na natureza, variando em estrutura e atividade biológica. Os OPCs (polifenóis da semente da uva) têm uma estrutura única que os permite interagir com várias proteínas e enzimas relacionadas ao sistema circulatório. Possuem grande afinidade com as estruturas de colágeno no corpo, ajudando a aumentar a força e a integridade das fibras. São altamente atraídos pela pele, mucosa gastrointestinal e sistema circulatório. No sistema circulatório, ajudam a proteger contra a degradação do colágeno, elastina e ácido hialurônico, que são os principais componentes estruturais da matriz do tecido conjuntivo circulatório e são conhecidos por ajudar os vasos sanguíneos a relaxarem através da liberação de óxido nítrico, que também estimula a síntese de colágeno conforme a necessidade, além de atuarem como um potente antioxidante ao longo do revestimento do sistema circulatório.

Fatores de risco para varizes

Histórico familiar

Em mulheres é mais comum (cerca de 3 x mais quando comparamos aos homens)

Alterações do envelhecimento (enfraquecimento das paredes das veias)

Alterações hormonais relacionadas à gravidez, período pré-menstrual e menopausa

Ficar em pé por longos períodos

Estar acima do peso

Relação com doenças

Terapias Complementares

O ideal é ter um plano de tratamento integrativo para as varizes. Como resultados, pode haver a interrupção do estado progressivo e agravamento do quadro, considerando que as varizes existentes podem piorar.

Nutrição

Na alimentação, você pode incluir vegetais ricos em fibras e grãos integrais. Especial atenção àqueles ricos em bioflavonóides como os encontrados em bagas escuras, folhas verdes escuras, alho e cebola que podem ajudar a manter as veias saudáveis. Suplementos que podem ajudar incluem também a vitamina C, vitamina E e zinco, e complexos oligoméricos de proantocianidinas (OPCs encontrados nos extratos das sementes de uva (vários estudos sugerem que podem reduzir o vazamento nas veias e o inchaço nas pernas).

Atenção

Cuidados especiais, com acompanhamento médico, para quem faz uso de anticoagulantes como Varfarina (Coumadin), Clopidogrel (Plavix) ou Aspirina. Nestes casos, pode haver interação com as propriedades do extrato de semente de uva. Portanto, pergunte ao seu médico antes de tomá-lo.

Petrassi C, Mastromarino A, Spartera C. Pycnogenol in chronic venous insufficiency. Phytomedicine. 2000;7:383-8.

Martínez-Flórez, J. González-Gallego, J. M. Culebras y M.ª J. Tuñón. Los flavonoides: propiedades y acciones antioxidantes. Departamento de Fisiología, Universidad de León y Hospital de León. España

 

Publicado por naturopatasdobrasil

Comunidade Brasileira de Naturopatia. Notícias, tendências, divulgações científicas, saúde, bem-estar, beleza, sustentabilidade e ativismo social.

Um comentário em “Varizes: tratamento com polifenóis de semente da uva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: