Obesidade e fome emocional. Comemos além do necessário?

Sigmund Freud, importante neurologista e psiquiatra austríaco, personalidade influente na história da Psicologia, desenvolveu o “conceito psicanalítico de pulsão” levando a um entendimento além do corpo orgânico. A obesidade pode ser analisada como um fenômeno psicossomático (Psicossomática pode ser definida como a relação mente-corpo nos processos de adoecimento). Vista como epidemia do século, a obesidadeContinuar lendo “Obesidade e fome emocional. Comemos além do necessário?”

Envelhecimento: realidade e desafios. A Naturopatia pode ajudar.

O envelhecimento físico é um processo do desenvolvimento humano natural que engloba alterações neurológicas estruturais, funcionais e químicas. Fatores ambientais e socioculturais também incidem sobre o processo do envelhecimento além dos aspectos mentais e emocionais. Hábitos, estilos de vida, sedentarismo e autoestima estão fortemente ligados ao envelhecimento sadio. Também o equilíbrio dos aspectos mentais eContinuar lendo “Envelhecimento: realidade e desafios. A Naturopatia pode ajudar.”

Os benefícios da terapia floral no climatério e menopausa

Um pouquinho sobre os florais: Florais são essências extraídas de flores que atuam no equilíbrio do ser humano nos aspectos emocionais, mentais, físicos. Agem de forma sutil e vibracional, sem causar dependência ou interferir em outros tratamentos como os alopáticos, por exemplo. Por não conterem princípios ativos, não causam reações adversas. Qualquer pessoa pode seContinuar lendo “Os benefícios da terapia floral no climatério e menopausa”

Mindful Eating e Obesidade

De acordo com a Organização Mundial da Saúde a obesidade é um dos mais graves problemas de saúde que temos para enfrentar. Em 2025, a estimativa é de que 2,3 bilhões de adultos ao redor do mundo estejam acima do peso, sendo 700 milhões de indivíduos com obesidade, isto é, com um índice de massaContinuar lendo “Mindful Eating e Obesidade”

A pausa que ganha o tempo

Falar de relaxamento, é falar de uma pausa necessária, que não precisa ser longa, mas precisa ser boa. Falar sobre bem-estar é, antes de mais nada, experimentar a pausa. É pura vivência. No passado, relaxar era motivo de status. Hoje é tido como perda de tempo ou algo excepcional que um dia será conquistado. PodemosContinuar lendo “A pausa que ganha o tempo”