Como deve ser a formação em Naturopatia

Um curso de formação em Naturopatia deve: Oferecer conhecimento que permita a realização do trabalho em todos os ambientes organizacionais de saúde, desde consultórios particulares, setores de pesquisa na indústria da saúde, em funções administrativas, ou como professor. Este último através de formação específica. Por que houve um grande interesse nos cursos de Naturopatia: PrimeiramenteContinuar lendo “Como deve ser a formação em Naturopatia”

Trofologia

Trofologia diz respeito a selecionar, combinar e preparar os alimentos de forma que o organismo possa aproveitar melhor todos os seus nutrientes. A velha máxima, somos o que comemos, foi complementada por somos o que digerimos. Com tantos alimentos pobres em nutrientes, o que de fato beneficia à nossa saúde? Mais do que em outrosContinuar lendo “Trofologia”

Naturopatia e Yoga: o conhecimento

Os sutras no Yoga, são como com um código de conduta para o estudo e prática.  São os antigos textos fundamentais do Yoga, escritos pelo sábio Patañjali no século III aC. São como um caminho.O Yoga faz parte do sistema filosófico e da medicina indiana, sendo a medicina indiana um dos pilares da Naturopatia. VamosContinuar lendo “Naturopatia e Yoga: o conhecimento”

Docere: Naturopata como orientador

Docere diz respeito a professor. Aquele que orienta. O Naturopata educa seus pacientes e os capacita em relação à responsabilidade por sua saúde. Não estimula vínculo de dependência. Torna-se um catalisador para um estilo de vida que previne doenças, leva a uma maior autonomia física e mental e promove saúde. É o paciente, não oContinuar lendo “Docere: Naturopata como orientador”

O poder curativo da natureza

Hipócrates acreditava que um organismo não é passivo a ferimentos ou doenças, mas se reequilibra para neutralizá-los. O estado de doença, portanto, não é um mal, mas um esforço do corpo para superar um “equilíbrio” perturbado. É essa capacidade dos organismos de corrigir desequilíbrios que os distingue da matéria não viva. Vix medicatrix naturae dizContinuar lendo “O poder curativo da natureza”

Tratar a causa da doença: tolle totum

O Objetivo da Naturopatia  é manter ou restaurar o estado de bem-estar de forma minimamente invasiva por meio do estímulo da capacidade inata de autocura ou do retorno ao equilíbrio do corpo humano. Por uma questão de sobrevivência, o organismo tende à homeostase, com os estímulos adequados. Ao pensarmos na origem da palavra Naturopatia chegamosContinuar lendo “Tratar a causa da doença: tolle totum”

Como as feridas físicas cicatrizam

A cicatrização de feridas está dividia em 3 etapas: Inflamação Regeneração do tecido Maturidade do tecido Fibroblastos são encaminhados para o local da ferida, através do processo de comunicação celular. Uma vez que estas células completam sua migração, direcionam sua atividade para a formação de proteínas e grande quantidade de fibronectina, ácido hialurônico e colágenoContinuar lendo “Como as feridas físicas cicatrizam”

O seu sistema imunológico

O sistema imunológico é nossa defesa natural contra diversos tipos de microorganismos e agentes agressores em geral. A resposta imune é ativada como forma de proteção à invasão percebida. Uma ação conjunta entre células, tecidos e orgãos é orquestrada pelos glóbulos brancos (leucócitos), que são produzidos ou armazenados em vários locais do corpo, incluindo oContinuar lendo “O seu sistema imunológico”

Stress, depressão e fitoterápicos

Rhodiola rósea Um adaptogênico de grande valor na depressão. Mas o que é exatamente uma substância com poder adaptógeno? Frente a estímulos ou situações estressantes, principalmente aquelas que se prolongam, o organismo sai do estado de equilíbrio fisiológico ideal (homeostase). O termo adaptogênico foi cunhado por Brekhman (1980). Adaptógenos são substâncias de origem vegetal (principalmente)Continuar lendo “Stress, depressão e fitoterápicos”

Dicas de saúde

Inclua no seu cardápio, o consumo de carne de soja 2x/semana. Ela tem baixo teor de gordura e alta digestibilidade. Experimente a versão moída – será mais fácil acostumar-se ao sabor. Aos poucos experimente e introduza leites de fontes vegetal (soja, castanha). Se precisar “camuflar” o sabor, você pode misturá-lo a sucos de frutas NoContinuar lendo “Dicas de saúde”