O peso de ser saudável

O que mais vemos nas redes sociais são dietas e dicas de como ser saudável. O problema é que essas informações chegam até nós sem passar por nenhum tipo de filtro. Não sabemos se metade do que absorvemos na rede é de fato saudável ou se determinada dieta serve para nosso estilo de vida. TodoContinuar lendo “O peso de ser saudável”

Lazer é luxo ou necessidade? Prazer na vida é sinônimo de saúde.

“Saúde não é a ausência de doenças.” – Hipócrates, pai da Medicina Tradicional. Atividade física, alimentação saudável, exames e check-up regulares e bom sono. Tudo isso já é conhecido e indicado por várias áreas da saúde. Mas e o prazer na vida? O “sabor” e a alegria? Vivemos numa sociedade onde ter agenda lotada éContinuar lendo “Lazer é luxo ou necessidade? Prazer na vida é sinônimo de saúde.”

Medicina energética

A medicina energética é um ramo da medicina integrativa que estuda a ciência das aplicações terapêuticas das energias sutis. Nós temos muitos aspectos que nos constituem e que não são físicos mas que trabalham com grande quantidade de informação. Para entender e tratar o ser humano em sua totalidade, as práticas atuais da medicina ocidentalContinuar lendo “Medicina energética”

Varizes: tratamento com polifenóis de semente da uva

Um fruto em que tudo se aproveita. Essa é a história da uva, sem dúvida. Nossa ingestão diária de uva não é suficiente para termos a atividade funcional que o fruto oferece. Tão pouco um consumo de semente, onde estão inúmeras propriedades antioxidantes. Uma delas, é sua efetividade no tratamento de desordens circulatórias. Quando falamosContinuar lendo “Varizes: tratamento com polifenóis de semente da uva”

A importância do Silício orgânico para a saúde

O Silício, ( em latim: Silicis), significa “pedra dura” e é o segundo elemento mais abundante na natureza. O primeiro, é o oxigênio.  Nosso contato como este mineral se dá através de exposição ambiental e por meio da dieta. Há muitas formas de Silício mas nem todas absorvíveis pelo ser humano. Ou seja, potencialmente biodisponíveis.Continuar lendo “A importância do Silício orgânico para a saúde”

Naturopatia, Saúde & Cultura

Sem o interesse pela História, preservação da floresta, respeito aos povos originários ou mesmo a falta de interesse por condições sociais que podem por exemplo definir um cenário recente, como foi a pandemia no Brasil, temos uma “Naturopatia de vitrine”.  A Naturopatia de vitrine se manifesta por um interesse pessoal de mercado, com vistas exclusivamenteContinuar lendo “Naturopatia, Saúde & Cultura”

“Varíola dos macacos”: prevenção

“Varíola dos macacos” é uma doença viral, da mesma família do vírus da varíola. O vírus foi descoberto em 1958 quando em uma colônia de macacos mantida para pesquisa, foram relatados 2 surtos. A origem permanece desconhecida. Se sabe, no entanto, que roedores e macacos podem transmitir e infectar seres humanos. Em 1970 foi registradoContinuar lendo ““Varíola dos macacos”: prevenção”

A Naturopatia pode ser um alívio para os males do estresse em nosso organismo

Hans Selye (1907-1982), célebre endocrinologista, foi quem primeiro formulou o conceito de estresse: “Organismos diferentes apresentam um mesmo padrão de resposta fisiológica para uma série de experiências sensoriais ou psicológicas que têm efeitos perversos em órgãos, tecidos, processos metabólicos”. O estresse altera nosso sistema imunológico. Em humanos, o principal hormônio com efeito modulador é oContinuar lendo “A Naturopatia pode ser um alívio para os males do estresse em nosso organismo”

Agosto dourado e a amamentação

No mês de agosto promove-se a Campanha de incentivo ao aleitamento materno. O tema de 2022 é: “Fortalecer a amamentação: educando e apoiando”. Designado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como agosto dourado, por simbolizar a luta pelo incentivo à amamentação e instituído no Brasil pela Lei nº 13.435/2017, por ser o melhor e maisContinuar lendo “Agosto dourado e a amamentação”

Anemia e a falta de ânimo

A anemia está além de uma condição “apenas” fisiológica, mas de várias alterações que comprometem a qualidade do sangue, reduzindo sua capacidade de fornecer oxigênio para os tecidos do corpo. Pode ser: Aguda: por perdas sanguíneas ou em períodos de convalescença de pós-operatórios. Crônica: por má absorção de alimentos. E por Deficiência na produção deContinuar lendo “Anemia e a falta de ânimo”