Medicina indiana – pequeno glossário

1. Agni. अग्नि em sânscrito, fogo biológico que governa o nosso organismo, sendo responsável pela boa digestão, absorção e assimilação de nutrientes, pelo equilíbrio da mente, bom funcionamento do sistema imunológico e pelas respostas neurais para o funcionamento orgânico geral.2. Ajirn: Do sânscrito. Alimentos considerados incompatíveis com a nossa digestão.3. Akasha: आकाश em sânscrito, termoContinuar lendo “Medicina indiana – pequeno glossário”

Empreendedorismo e gestão

Nos últimos dois anos, um grande número de pessoas passou a ter mais atividade nas mídias sociais, em todos os segmentos de mercado. Na área de saúde não foi diferente. Inclusive nas práticas integrativas. Hoje vamos falar a respeito das diferenças entre ser um empreendedor e saber gerenciar. Ter um espírito empreendedor tem a verContinuar lendo “Empreendedorismo e gestão”

Empreendedorismo e gestão

Nos últimos dois anos, um grande número de pessoas passou a ter mais atividade nas mídias sociais, em todos os segmentos de mercado. Na área de saúde não foi diferente. Inclusive nas práticas integrativas. Hoje vamos falar a respeito das diferenças entre ser um empreendedor e saber gerenciar. Ter um espírito empreendedor tem a verContinuar lendo “Empreendedorismo e gestão”

A face da depressão

Vai de um estado de abatimento à falta de motivação para viver. Apatia absoluta. Os sintomas da depressão variam de leves a graves e podem incluir: Sentir-se triste ou deprimido Perda de interesse ou prazer em atividades que antes eram interessantes Mudanças no apetite – perda ou ganho de peso não relacionado à dieta ProblemasContinuar lendo “A face da depressão”

Como deve ser a formação em Naturopatia

Um curso de formação em Naturopatia deve: Oferecer conhecimento que permita a realização do trabalho em todos os ambientes organizacionais de saúde, desde consultórios particulares, setores de pesquisa na indústria da saúde, em funções administrativas, ou como professor. Este último através de formação específica. Por que houve um grande interesse nos cursos de Naturopatia: PrimeiramenteContinuar lendo “Como deve ser a formação em Naturopatia”

Formação de preços na Naturopatia

A formação de preço aleatória, pode dificultar a compra ou render prejuízos a quem vende. Muitos questionam se estão cobrando o valor correto. A maioria superestima o que vende. Outros, cedem ao BenchMarking analisando a concorrência e dessa forma definindo o preço de seus produtos e serviços, usando apenas esse parâmetro.   O preço precisaContinuar lendo “Formação de preços na Naturopatia”

Pranayama: os exercícios respiratórios do yoga.

A palavra pranayama, vem do sânscrito (dialeto antigo do norte da Índia) e consiste de duas partes: prana e ayama. Ayama significa alongar, expandir. Isso descreve a ação do pranayama. Prana refere-se a “aquilo que está infinitamente em todo o lugar”. Prana também pode ser descrito como algo que flui continuamente de algum lugar dentroContinuar lendo “Pranayama: os exercícios respiratórios do yoga.”

A próstata e o uso de Saw palmetto

O aumento da próstata, conhecido com HPB (hiperplasia benigna da prósstata) é uma condição não cancerosa mas que gera grande desconforto, principalmente por bloquear o fluxo natural da urina. Falamos de uma glândula masculina com funções importantes, como dar propulsão para expelir o esperma, possuir uma alcalinidade que atua na redução da acidez vaginal eContinuar lendo “A próstata e o uso de Saw palmetto”

Mudrás: gestos psicofísicos

Mudrá é um gesto psicofísico, que sela um circuito energético. Pode ser feito com as mãos, e ao unir os dedos entre si, forma-se uma espécie de “anel” onde a energia se concentra. Os gestos permitem uma tomada de consciência física e psíquica. Falar que somos energia parece banalidade. Mas somos. Uma vez que aContinuar lendo “Mudrás: gestos psicofísicos”

O Dharma que lhe sustenta

Qual o seu dharma, seu devir pessoal? Umas das plavras mais importantes dentro do Yoga. Realizar o dharma lhe torna um ser humano. É o fato último e primordial de quem e o que somos. Descobrir essa “verdadeira natureza”, e ser capaz de trabalhar, viver e descansar nela. Porque aquilo que somos não tem começo,Continuar lendo “O Dharma que lhe sustenta”