Envelhecimento: realidade e desafios. A Naturopatia pode ajudar.

O envelhecimento físico é um processo do desenvolvimento humano natural que engloba alterações neurológicas estruturais, funcionais e químicas. Fatores ambientais e socioculturais também incidem sobre o processo do envelhecimento além dos aspectos mentais e emocionais. Hábitos, estilos de vida, sedentarismo e autoestima estão fortemente ligados ao envelhecimento sadio. Também o equilíbrio dos aspectos mentais eContinuar lendo “Envelhecimento: realidade e desafios. A Naturopatia pode ajudar.”

Marketing de conteúdo

Para falar desse assunto precisamos definir o que é conteúdo e o que é marketing de conteúdo. Conteúdo é uma informação ou conhecimento que você tem. Pode estar em todos os lugares. Um manual de instrução é um conteúdo. Regras de atendimento ao cliente também é um tipo de conteúdo. O marketing de conteúdo éContinuar lendo “Marketing de conteúdo”

Aromaterapia e Aromatologia

Vamos começar falando que a popularidade da Aromaterapia só vem crescendo. E é excelente! Mas, gostar de óleos essenciais, usá-los, assistir a lives, revender os produtos e participar de treinamento de vendas, não faz de você um Aromaterapeuta. Aliás, esse tem sido um grave problema na Naturopatia, não só com a Aromaterapia. Antes de darmosContinuar lendo “Aromaterapia e Aromatologia”

FOG MENTAL pós Covid-19

Também conhecido como névoa cerebral. É um termo usado para descrever como as pessoas se sentem quando seu pensamento é lento, confuso e não afiado. E a Covid-19 pode causar esse dano. Algumas pessoas que se recuperam da doença, incluindo aquelas com sintomas leves, reclamam desse estado que pode ser duradouro. Muita gente já estáContinuar lendo “FOG MENTAL pós Covid-19”

Por que eu como tanto doce?

De repente você começa a ter compulsão por doces e pães e não é momentânea. Deficiências nutricionais de Magnésio, Zinco, Cromo, Aminoácidos (Triptofano) ou vitaminas (especialmente vitamina D) podem ser as culpadas. Quando você é deficiente nesses nutrientes, seu corpo não pode usar carboidratos de forma eficaz como fonte de energia. Por isso, vai procurarContinuar lendo “Por que eu como tanto doce?”

Como agem os diuréticos

Os diuréticos têm uma atividade muito conhecida: eles ajudam seu corpo a se livrar do excesso de água e sal acumulados, aumentando a diurese. Ou seja, você faz mais xixi. São especialmente úteis se você apresenta uma condição orgânica que o faça reter água, como insuficiência renal, insuficiência cardíaca congestiva e edema pulmonar. Alguns delesContinuar lendo “Como agem os diuréticos”

FOMO: “o medo de perder”

Aquele medo de estar perdendo algo. Que os outros estão se divertindo mais, fazendo mais, se comunicando mais, experimentando coisas melhores que você. Surge então um forte sentimento de inveja que destroi a auto estima. FOMO- do inglês “fear of missing out”, trata-se de um fenômeno real e fonte significativa de stress. Afeta muitas pessoas,Continuar lendo “FOMO: “o medo de perder””

Cursos na saúde holística integrativa

Crescer na Naturopatia Olá! Que bom que estamos aqui pensando e atuando juntos de forma holística integrativa na saúde e prevenção de doenças. O tempo é de desafios, mas também de seletividade e crescimento. Por isso nós criamos um programa de 4 cursos para você: Marketing na Naturopatia O marketing health care é um processoContinuar lendo “Cursos na saúde holística integrativa”

A Naturopatia tem critérios

Em 1901, Benedict Lust funda a Naturopatia nos EUA. Tinha início nessa época, a sistematização de um método que criava boas condições para a saúde, concentrando-se num estilo de vida mais saudável, com boa alimentação e qualidade do sono, com gerenciamento do estresse, foco em relacionamentos saudáveis, ar puro, água limpa, movimento corporal adequado, incentivoContinuar lendo “A Naturopatia tem critérios”

Seu coração e você como fator de risco

Nos últimos 15 anos, a prevenção de doenças cardiovasculares ganhou destaque em Congressos da longevidade saudável, homeopatia, medicina holística e nutrição funcional, reforçando sempre as medidas preventivas, que prolongam a vida e reduzem custos na saúde pública e privada. A redução do risco de doença cardiovascular gira em torno dos principais fatores de risco, incluindoContinuar lendo “Seu coração e você como fator de risco”