Tratamento complementar para desequilíbrios emocionais

Diante da representação mental dos seus conflitos e problemas, muitas pessoas expressam no corpo físico os sintomas psicossomáticos (quando doenças pertencem tanto ao físico quanto ao psíquico). Em situações de estresse, ansiedade, depressão o corpo será diretamente afetado para possíveis evoluções de algumas doenças incluindo as inflamatórias. Hans Selye usou o termo estresse (conjunto deContinuar lendo “Tratamento complementar para desequilíbrios emocionais”

O peso de ser saudável

O que mais vemos nas redes sociais são dietas e dicas de como ser saudável. O problema é que essas informações chegam até nós sem passar por nenhum tipo de filtro. Não sabemos se metade do que absorvemos na rede é de fato saudável ou se determinada dieta serve para nosso estilo de vida. TodoContinuar lendo “O peso de ser saudável”

Obesidade e fome emocional. Comemos além do necessário?

Sigmund Freud, importante neurologista e psiquiatra austríaco, personalidade influente na história da Psicologia, desenvolveu o “conceito psicanalítico de pulsão” levando a um entendimento além do corpo orgânico. A obesidade pode ser analisada como um fenômeno psicossomático (Psicossomática pode ser definida como a relação mente-corpo nos processos de adoecimento). Vista como epidemia do século, a obesidadeContinuar lendo “Obesidade e fome emocional. Comemos além do necessário?”

Naturopatia, Saúde & Cultura

Sem o interesse pela História, preservação da floresta, respeito aos povos originários ou mesmo a falta de interesse por condições sociais que podem por exemplo definir um cenário recente, como foi a pandemia no Brasil, temos uma “Naturopatia de vitrine”.  A Naturopatia de vitrine se manifesta por um interesse pessoal de mercado, com vistas exclusivamenteContinuar lendo “Naturopatia, Saúde & Cultura”

Quando a Naturopatia vai melhorar:

Quando os profissionais conhecerem o que rege: O livro do Imperador Amarelo Os Vedas A medicina de Hipócrates E pararem de jogar luz sobre a “medicina moderna”. O fim das analogias e depreciações. Onde colocamos luz, cresce! Quando interromperem o “show de fogo com ventosas” que assustam possíveis clientes. Quando entenderem que publicação de sangriasContinuar lendo “Quando a Naturopatia vai melhorar:”

A proibição do uso do termo “Acupuntura”

O texto abaixo diz respeito à atual situação da Espanha, com relação à prática e uso do termo “Acupuntura”. A tradução foi feita com autorização concedida à Chris Buarque, Diretora Científica da Comunidade Brasileira de Naturopatia, em conversa com a Fundação Europeia de Medicina Tradicional Complementar e Integrativa hoje cedo ( Practitioner’s Register) 30 deContinuar lendo “A proibição do uso do termo “Acupuntura””

Covid-19 causa alterações no cérebro mesmo em casos mais leves

Em um grande estudo publicado na revista Nature em 7 de março de 2022, uma equipe de pesquisadores do Reino Unido investigou alterações cerebrais em pessoas de 51 a 81 anos que sofreram COVID-19. Este trabalho fornece novos insights importantes sobre o impacto do COVID-19 no cérebro humano. Há fortes evidências de anormalidades relacionadas aoContinuar lendo “Covid-19 causa alterações no cérebro mesmo em casos mais leves”

Doenças da beleza e o “tal chip”

Se você achar que precisa de “um chip da beleza”, ele já existe. Num passado não muito distante, observou-se que as reações colaterais de alguns medicamentos, favoreciam crescimento de cabelos e a queima de gordura. Então “eureca” lá iam todos ou pelo menos uma multidão! Alguns largamente usados de forma massiva “na beleza” até hoje,Continuar lendo “Doenças da beleza e o “tal chip””

Aromaterapia e Aromatologia

Vamos começar falando que a popularidade da Aromaterapia só vem crescendo. E é excelente! Mas, gostar de óleos essenciais, usá-los, assistir a lives, revender os produtos e participar de treinamento de vendas, não faz de você um Aromaterapeuta. Aliás, esse tem sido um grave problema na Naturopatia, não só com a Aromaterapia. Antes de darmosContinuar lendo “Aromaterapia e Aromatologia”

Por que eu como tanto doce?

De repente você começa a ter compulsão por doces e pães e não é momentânea. Deficiências nutricionais de Magnésio, Zinco, Cromo, Aminoácidos (Triptofano) ou vitaminas (especialmente vitamina D) podem ser as culpadas. Quando você é deficiente nesses nutrientes, seu corpo não pode usar carboidratos de forma eficaz como fonte de energia. Por isso, vai procurarContinuar lendo “Por que eu como tanto doce?”