Por que eu como tanto doce?

De repente você começa a ter compulsão por doces e pães e não é momentânea. Deficiências nutricionais de Magnésio, Zinco, Cromo, Aminoácidos (Triptofano) ou vitaminas (especialmente vitamina D) podem ser as culpadas. Quando você é deficiente nesses nutrientes, seu corpo não pode usar carboidratos de forma eficaz como fonte de energia. Por isso, vai procurarContinuar lendo “Por que eu como tanto doce?”

FOMO: “o medo de perder”

Aquele medo de estar perdendo algo. Que os outros estão se divertindo mais, fazendo mais, se comunicando mais, experimentando coisas melhores que você. Surge então um forte sentimento de inveja que destroi a auto estima. FOMO- do inglês “fear of missing out”, trata-se de um fenômeno real e fonte significativa de stress. Afeta muitas pessoas,Continuar lendo “FOMO: “o medo de perder””

Cursos na saúde holística integrativa

Crescer na Naturopatia Olá! Que bom que estamos aqui pensando e atuando juntos de forma holística integrativa na saúde e prevenção de doenças. O tempo é de desafios, mas também de seletividade e crescimento. Por isso nós criamos um programa de 4 cursos para você: Marketing na Naturopatia O marketing health care é um processoContinuar lendo “Cursos na saúde holística integrativa”

A Naturopatia tem critérios

Em 1901, Benedict Lust funda a Naturopatia nos EUA. Tinha início nessa época, a sistematização de um método que criava boas condições para a saúde, concentrando-se num estilo de vida mais saudável, com boa alimentação e qualidade do sono, com gerenciamento do estresse, foco em relacionamentos saudáveis, ar puro, água limpa, movimento corporal adequado, incentivoContinuar lendo “A Naturopatia tem critérios”

Seu coração e você como fator de risco

Nos últimos 15 anos, a prevenção de doenças cardiovasculares ganhou destaque em Congressos da longevidade saudável, homeopatia, medicina holística e nutrição funcional, reforçando sempre as medidas preventivas, que prolongam a vida e reduzem custos na saúde pública e privada. A redução do risco de doença cardiovascular gira em torno dos principais fatores de risco, incluindoContinuar lendo “Seu coração e você como fator de risco”

Ômicron: O mesmo homem não atravessa o mesmo rio duas vezes.

Doenças como a Covid-19 envolvem, já sabemos, comportamento e colaboração. Ainda que o “homem que atravessa o rio” esteja vacinado, o que vemos é que o rio não é o mesmo, com todas as variantes que ainda surgem, e o homem tampouco. França tem novos recordes, Inglaterra também, e em muitos outros países acontece oContinuar lendo “Ômicron: O mesmo homem não atravessa o mesmo rio duas vezes.”

Aloe vera: a popular babosa.

Se você já abriu a folha da Aloe vera, percebeu um tecido viscoso que armazena água, e que torna as folhas grossas. Este tecido cheio de água é o “gel” que as pessoas associam aos produtos fabricados a partir da planta. Essas folhas verdes e grosas, podem crescer cerca de 12–19 polegadas (30–50 centímetros) deContinuar lendo “Aloe vera: a popular babosa.”

Cortisol alto: Stress a mil por hora

O cortisol é um hormônio esteroide regulador de muitas funções vitais em todo o corpo, como o metabolismo e a resposta imunológica. Ele também tem um papel muito importante em ajudar o corpo a responder ao stress. É produzido no córtex das glândulas suprarrenais e liberado no sangue, e aí segue para todo o organismo.Continuar lendo “Cortisol alto: Stress a mil por hora”

Chakras: poder interior

Os chakras são centros de energia espiritual dentro do corpo humano. São 7 os principais e percorrem a coluna, funcionando como distribuidores de energia, para glândulas e órgãos. Somos uma matéria densa e esses centros energéticos captam a força do universo para que se manifestem numa experiência física. Os chakras também estão relacionados à energiaContinuar lendo “Chakras: poder interior”

O bem viver na menopausa: alimentação como aliada.

Alimento bom ou ruim é uma escolha. Os alimentos têm energia. Qual energia queremos para nós? O alimento que vem pra nossa mesa ainda tem energia? Nosso corpo pode se beneficiar quando nos alimentamos de forma mais natural, suprindo nossas necessidades físicas e emocionais. Podemos potencializar nossa saúde. Especialmente nas fases de climatério e menopausa,Continuar lendo “O bem viver na menopausa: alimentação como aliada.”