Regulamentação da Naturopatia

A experiência de Portugal- parte IV Colaboração: Ana Veloso – Membro do Conselho Consultivo da Comunidade Brasileira de Naturopatia em Portugal. Diário da República, 1.ª série — N.º 194 — 8 de outubro de 2014 Portaria n.º 207-G/2014 de 8 de outubro Nos termos do artigo 4.º da Lei n.º 71/2013, de 2 de setembro,Continuar lendo “Regulamentação da Naturopatia”

Anvisa lança cartilha de fitoterápicos e plantas medicinais

Medicamentos fitoterápicos são aqueles produzidos com ingredientes ativos feitos de partes de plantas, como folhas, raízes ou flores. O fato de ser natural não exime os cuidados no uso. Assim como acontece com a tomada de medicamentos convencionais, os fitoterápicos terão efeito no corpo e podem ser potencialmente prejudiciais se não forem usados ​​corretamente. InteraçãoContinuar lendo “Anvisa lança cartilha de fitoterápicos e plantas medicinais”

Iridologia: De olho em você

A visão holística do mundo vem ganhando considerável espaço em todos os setores dos saberes, assim como as terapias complementares. E a Iridologia, deriva de um novo paradigma e método para compreensão e estudo do ser humano. A íris é uma membrana retrátil, um marcador preciso, com inúmeras informações sobre a formação do indivíduo. RegistrosContinuar lendo “Iridologia: De olho em você”

Covid-19 causa alterações no cérebro mesmo em casos mais leves

Em um grande estudo publicado na revista Nature em 7 de março de 2022, uma equipe de pesquisadores do Reino Unido investigou alterações cerebrais em pessoas de 51 a 81 anos que sofreram COVID-19. Este trabalho fornece novos insights importantes sobre o impacto do COVID-19 no cérebro humano. Há fortes evidências de anormalidades relacionadas aoContinuar lendo “Covid-19 causa alterações no cérebro mesmo em casos mais leves”

A prevenção de doenças muito além de exames

Neste mês de março em que se comemora o dia internacional da mulher, o tema “saúde da mulher” fica em maior evidência. Os cuidados com a saúde da mulher foram incluídos nas políticas de saúde no início do século XX. Antes estavam limitados às questões relacionadas à gestação e aos partos. Posteriormente, foram adotadas diretrizesContinuar lendo “A prevenção de doenças muito além de exames”

Aromaterapia e Aromatologia

Vamos começar falando que a popularidade da Aromaterapia só vem crescendo. E é excelente! Mas, gostar de óleos essenciais, usá-los, assistir a lives, revender os produtos e participar de treinamento de vendas, não faz de você um Aromaterapeuta. Aliás, esse tem sido um grave problema na Naturopatia, não só com a Aromaterapia. Antes de darmosContinuar lendo “Aromaterapia e Aromatologia”

Por que eu como tanto doce?

De repente você começa a ter compulsão por doces e pães e não é momentânea. Deficiências nutricionais de Magnésio, Zinco, Cromo, Aminoácidos (Triptofano) ou vitaminas (especialmente vitamina D) podem ser as culpadas. Quando você é deficiente nesses nutrientes, seu corpo não pode usar carboidratos de forma eficaz como fonte de energia. Por isso, vai procurarContinuar lendo “Por que eu como tanto doce?”

FOMO: “o medo de perder”

Aquele medo de estar perdendo algo. Que os outros estão se divertindo mais, fazendo mais, se comunicando mais, experimentando coisas melhores que você. Surge então um forte sentimento de inveja que destroi a auto estima. FOMO- do inglês “fear of missing out”, trata-se de um fenômeno real e fonte significativa de stress. Afeta muitas pessoas,Continuar lendo “FOMO: “o medo de perder””

A Naturopatia tem critérios

Em 1901, Benedict Lust funda a Naturopatia nos EUA. Tinha início nessa época, a sistematização de um método que criava boas condições para a saúde, concentrando-se num estilo de vida mais saudável, com boa alimentação e qualidade do sono, com gerenciamento do estresse, foco em relacionamentos saudáveis, ar puro, água limpa, movimento corporal adequado, incentivoContinuar lendo “A Naturopatia tem critérios”

Ômicron: O mesmo homem não atravessa o mesmo rio duas vezes.

Doenças como a Covid-19 envolvem, já sabemos, comportamento e colaboração. Ainda que o “homem que atravessa o rio” esteja vacinado, o que vemos é que o rio não é o mesmo, com todas as variantes que ainda surgem, e o homem tampouco. França tem novos recordes, Inglaterra também, e em muitos outros países acontece oContinuar lendo “Ômicron: O mesmo homem não atravessa o mesmo rio duas vezes.”